GAMES BRASILEIROS

agosto 7, 2010 em Memory Card por Kao ‘Cyber’ Tokio


Sabrina Carmona é uma moça muito inteligente, sagaz e divertida, que vem se empenhando há algum tempo em transformar a mídia “game” em algo que as pessoas normais passem a levar a sério.

Para isso, Sabrina criou o Planeta Gamer, blog onde posta suas impressões sobre o mercado e dá origem a algumas iniciativas, como o Empresas Brasileiras.


Nesta entrevista, a moça já adianta porque leva o jogo tão a sério: “Comecei a me interessar por games desde sempre, quando “eu” jogava Atari na barriga da minha mãe. Depois disso, sempre me interessei por qualquer jogo digital, e sempre joguei muito em PCs e Consoles”.

No artigo do GameReporter, há mais detalhes da proposta iniciada: “A idéia do Empresas Brasileiras é divulgar estúdios de desenvolvimento de games no país. Quando a idéia engrenar mesmo e o site virar referência, a intenção é obter com isso uma maior visibilidade da indústria e aumentar o investimento”.

Embora pareça simples, por mais necessário que seja ninguém havia feito nada do gênero no país, à exceção da página de links dos membros da Abragames que, curiosamente, poucos gamers e interessados sabem que existe.

Essa excelente iniciativa da designer me fez voltar no tempo, mais exatamente a junho de 2004, na Mostra SESC de Artes de São Paulo.

Na ocasião, envolvido com o grupo de curadores, pude propor e acompanhar a realização da Mostra de Games Brasileiros, evento que se destinava a comprovar para o público que, embora o mercado de games da época fosse dominado por consoles importados, havia alguns bravos pioneiros em terras brazucas que já faziam trabalhos significativos e até mesmo reconhecidos no mercado externo com suas produções. Veja na imagem abaixo as artes de algumas produções da época exibidas no evento.


Após alguns contatos, a idéia começou a engrenar.


Alê McHaddo, proprietário da 44 Bico Largo, designer de games (e animador de mão cheia), foi nosso contratado para arregimentar as empresas participantes e conseguiu unir em torno da proposta o interesse de empresas como Ignis, Perceptum, LocZ, Devworks, Tilt, Oniria, Continuum e Xuti, para a realização de bate papos e workshops.

Por uma dessas curiosidades inexplicáveis, não há praticamente nenhum registro do evento na rede e guardei algumas poucas fotos de baixa qualidade (o máximo permitido pelas câmeras digitais convencionais da época!) da realização das atividades.


A programação que criamos era tão variada quanto permitia a agenda dos profissionais das empresas e tivemos até mesmo interessados que não puderam participar, como o pessoal da
Hoplon (naquela época já às voltas com a grande promessa de Taikodon) e o próprio Renato Degiovani, lenda viva do game design nacional que não podia se ausentar de seus afazeres profissionais (e que eu adoraria ter conhecido ao vivo!).
Abaixo, segue a agenda do evento:
Mostra de Games Brasileiros

Dividida em categorias de acordo com as mídias relacionadas, cd-rom, internet, telefonia e outros, a Mostra reúne games desenvolvidos com especial enfoque na cultura brasileira, em imagens exibidas em painéis na sala e nos micros, para jogar.

Paralelamente, serão realizadas oficinas e vivências sobre a “des-construção” dos games.
De 26/06 a 04/07, nas seguintes unidades:
Interlagos: dias 26 e 27/06, das 9h30 às 16h30;
Itaquera: dias 26 e 27/06, das 9h30 às 17h;
Santo Amaro: De 29/06 a 01/07, das 10h às 17h;
Ipiranga: De 29/06 a 01/07, das 13h às 21h;
Belenzinho: De 02 a 04/07, Sexta, das 13h30 às 21h30. Sábado e domingo, das 10h30 às 18h30;
Santo André: De 02 a 04/07, sexta das 13:30 às 21:30. Sábado e Domingo, das 9:30 às 17:30.
“Vivência” – Making of do game Iracema
Exibição do processo de construção do game com o designer Anderson Guedes – SESC Interlagos, dia 26/06, às 16h. SESC Belenzinho, dia 02/07, às 16h.
“Vivência” – Games em Linux
Atividade com o desenvolvedor Bruno Drago, utilizando a plataforma Linux para jogos online, dia 26/07, às 16h. – SESC Itaquera. 20 vagas.
“Vivência” – Making of do games Ciber Cabra
Exibição do processo de construção do game com o “game designer” Alê McHaddo, dia 29/06, às 16h. – SESC Ipiranga
“Vivência” – Making of do game Mostruário
Exibição do processo de construção do game com o “game designer” Alê McHaddo, dia 27/06, às 16h. – SESC Itaquera
“Desconstruindo o game” – Oficina de Construção de Personagens
Oficina de criação e animação de personagens para games com o “game designer” Alê McHaddo,– SESC Ipiranga, dias 30/06 e 01/07, das 14h às 16h. 12 vagas.
“Desconstruindo o game” – Oficina de Game Design
Concepção, criação e desenvolvimento de games, com Thiago Henrique, da Oniria Entertainment. SESC Belenzinho, dias 03 e 04/07, das 14h às 16h. 12 vagas.
“Desconstruindo o game” – Oficina de Sonorização para Games
Criação de músicas e efeitos especiais para games, com André Sá, da Oniria Entertainment, SESC Santo Amaro, dias 30/06 e 01/07, das 14h às 16h. 12 vagas.
“Desconstruindo o game” – Oficina de Criação de Games
Atividade que apresenta ferramentas básicas da linguagem C para a criação de games com o desenvolvedor Bruno Drago – SESC Santo André, dias 30/06 e 01/07, das 14h às 16h. 15 vagas.

Esta talvez tenha sido a minha primeira grande experiência profissional com o universo dos games e foi, certamente, motivo de grande realização pessoal.
Hoje, seis anos depois, o mercado está muito mais maduro e profissional e, embora algumas empresas citadas já não existam mais, outras produções começam a ganhar força e expressão no exterior e mostrar que você também pode participar dessa história!

É aí que entra a sensacional proposta de Sabrina Carmona: quanto mais empresas, iniciantes ou tarimbadas, se cadastrarem e participarem do projeto, tanto mais fácil será para elas encontrarem jovens talentos interessados nesta área e também para os profissionais terem rápido acesso às oportunidades que surgem.
Quer saber mais? Thiago Simões, do Garagem dos Games fez uma ótima entrevista com a designer há alguns dias. Para escutar, clique aqui.
Há ainda um mapa das empresas nacionais, produzido pelo GameReporter. Acesse e veja quem é sua empresa vizinha e vá fazer uma visita!
Vida longa ao Game Nacional!

Gostou? leia também:

  • Sem Postagens Correlatas.